Make your own free website on Tripod.com

Casa do Escultor Ervin Curt Teichmann - A cidade

No vale do Rio do Testo, nasceu Pomerode nos idos de 1861 graças à força e à coragem dos primeiros imigrantes pomeranos. Trouxeram consigo a vontade de vencer...Seus costumes, suas danças, seu dialeto próprio. Não deixaram se abater pelo calor tropical, pela incerteza e pela densa Mata Atlântica.

Pomerode continua ainda uma cidade ímpar, pois nela convivem lado a lado, o rural e o urbano, o industrial sobrepujando o agrícola. No começo floresceu a indústria cerâmica (telhas, tijolos, jarras e pratos). Depois veio instalar-se a Porcelana Schmidt, primeiro grande impacto da indústria. Pomerode passou a ser conhecida pela qualidade dessas pequenas jóias que enfeitavam as mesas dos brasileiros de norte a sul, no seu almoço, jantar e café. Era o empenho das mãos hábeis dos pomeranos de louras figuras que os tornaram famosos. Os anos avançaram século adentro, quando os turistas sentiram-se atraídos pelos animais exóticos do Jardim Zoológico da Família Weege.

jovem pomerana

Mais algum tempo passou e Pomerode dava um passo decisivo no seu conceito de colonizaçào alemã, fazendo surgir importantes indústrias de máquinas e de plásticos (sacolas, embalagens, brinquedos e utensílios domésticos). também a indústria têxtil ensaiou os primeiros passos, sobretudo na confecção de vestuário leve. Atualmente essas indústrias absorvem quase 50% da mão de obra pomerodense. Em consequência desse "boom" industrial, temos aqui um nível de vida quase privilegiado. Qualquer cidadão tem a oportunidade de realização pessoal e profissional no emprego regular. Crianças e jovens de Pomerode, buscam a escola como uma necessidade básica, aniquilando assim o fantasma do analfabetismo e da miséria.

Pomerode guarda paisagens campesinas de quase sonho ao longo das rodovias que a ligam a Blumenau e Jaraguá do Sul, dois grandes polos industriais de Santa Catarina. A cidade está 59 metros acima do nível do mar, abrigando uma população de 20.000 habitantes em seus 220 km2 Seu clima é subtropical, fazendo a temperatura variar entre zero e 45º C.

O município divide-se em diversos bairros que mantêem vivos alguns dos mais genuínos exemplares da arquitetura enxaimel. São casas de tijolo à vista lembrando o início da colonização alemã com muito zelo e dedicação. Embora o antigo e o moderno contrastem, persistem a harmonia e o bom gosto da sua gente simples. Praças continuam floridas, jardins repletos de flores, ruas limpas denotam o desejo de manter um aspecto alegre, sem conflitos...

Pomerode festeja assim com sucesso uma vida tranquila, mas também de olho no futuro. Nos finais de semana, o ritmo quente das músicas marca as festas de rei do tiro nos 16 Clubes de Caça e Tiro. Seus grupos de dança folclórica marcam o compasso das danças típicas da Alemanha de ontem, que os antepassados deixaram para trás, em busca de horizontes mais concretos...Assim Pomerode trabalha e se diverte ao som das músicas de suas bandas típicas: são as marchas, as valsas, as polkas, as mazurkas que animam os bailes e festas.

Sua cozinha típica encanta pela sua fartura à mesa, deixando seus hóspedes com água na boca, exaustos de tantas delícias.

Quem aqui chega contagia-se com a alegria, porque os jardins multicores convidam para a fantasia e enchem os olhos do turista de satisfação e encantamento.

"Seja mais um turista feliz. Conheça Pomerode, uma das mil faces deste Brasil!!!"